Estou medicado, posso conduzir?

Conheça os medicamentos que podem impedir uma condução segura

Medicamentos para insónias, problemas cardíacos, tensão arterial, diabetes, epilepsia, dor, gripe e alergias podem impedir uma condução segura. Por isso, tome apenas medicamentos receitados recentemente pelo seu médico e leia o folheto informativo.

Seja especialmente cuidadoso perante os avisos «pode causar sonolência e aumentar os efeitos do álcool» ou «pode afetar a vigilância mental e/ou a coordenação motora».

Tenha também em atenção que dormir pouco ou por períodos irregulares agrava os efeitos secundários dos medicamentos psicotrópicos, por exemplo, tranquilizantes. Ao iniciar o tratamento, aguarde alguns dias antes de conduzir, para se adaptar aos efeitos. Faça viagens curtas, durante o dia e a velocidade moderada, por caminhos conhecidos e com pouco tráfego. Se sentir efeitos sobre a capacidade de condução, não conduza e fale com o médico sobre a possibilidade de substituir o medicamento. Evite ainda tomar outras substâncias (mesmo que naturais), como estimulantes ou energéticos.


artigo do parceiro:

Comentários