Disfunções sexuais

Os problemas de saúde que também podem condicionar a sua vida sexual

As disfunções sexuais afetam tanto homens como mulheres e caracterizam-se por alterações no desejo sexual ou na libido, na dificuldade em atingir o orgasmo, bem como são influenciadas por outros fatores que afetam a resolução da relação sexual como os problemas de ereção ou a dor durante o sexo.

Este tipo de problemas é comum e não apenas em casais mais velhos, como sublinha Stam Poupalos, especialista em disfunções sexuais e médico na clínica online 121doc.

«Cerca de 43% das mulheres e 31% dos homens relatam algum tipo de dificuldade de cariz sexual, independentemente da idade, sendo que nalguns casos a disfunção se pode desenvolver desde tenra idade e noutros pode afetar pessoas que já tiveram uma vida sexual satisfatória no passado», alerta. Os fatores por detrás da disfunção podem incluir problemas psicológicos do próprio individuo mas não só.

Essa lista de fatores abrange ainda problemas interpessoais, como problemas no casamento ou relação, sentimentos de culpa, depressão e trauma sexual. As causas físicas podem relacionar-se com condições de saúde subjacentes como a diabetes, a esclerose múltipla, disfunções hormonais, problemas de circulação entre outros.

Disfunção sexual feminina

Nas mulheres, as principais disfunções sexuais relacionam-se com a falta de desejo sexual ou interesse pelo sexo, podendo estes serem afetados por alterações hormonais ou mudanças no estilo de vida que desmotivem o apetite sexual feminino. O desejo sexual é influenciado pela produção de testosterona nos ovários ou glândulas adrenais, pelo que qualquer alteração no seu funcionamento pode ter consequências a nível do desejo sexual.

A incapacidade de a mulher se sentir excitada ou atingir o orgasmo são também comuns, quer estas se relacionem com a falta de lubrificação vaginal ou estimulação sexual suficiente. Os problemas psicológicos estão muitas vezes relacionados com este campo, desempenhando a ansiedade um papel fulcral na altura da mulher experienciar o orgasmo.

Apesar de mais raramente, as causas físicas também podem estar presentes, nomeadamente no caso de problemas de saúde que influenciem a sensibilidade nervosa ou o aporte sanguíneo para o clítoris. Também devido à falta de lubrificação e, por vezes, à inexperiência, a dor durante o sexo é também um problema frequente. O vaginismo é uma condição que torna as relações sexuais extremamente dolorosas ou até mesmo impossíveis, devido a espasmos involuntários das paredes da vagina.

Comentários