Degeneração macular relacionada à idade

Conheça a segunda maior causa de cegueira na terceira idade

É uma doença degenerativa que afeta o centro da retina, uma zona do olho onde a visão obtém perspetiva de espaço, que nos permite ler, conduzir, entre outras actividades da rotina diária.

Afeta pessoas com mais de 60 anos e é a segunda causa mais frequente de cegueira nos idosos. São desconhecidas apesar de várias teorias apontarem a ação da luz ultravioleta e alguns fatores nutricionais como possíveis culpados.

Sintomas

A perda de acuidade visual (visão nublada) é o principal sintoma. Em 90% dos casos, esta perda é progressiva com perda de visão central (forma seca). Nos outros 10% a perda é aguda com visão distorcida (forma húmida) e pode causar cegueira.

Tratamento

Podem prescrever-se suplementos nutricionais com vitaminas e zinco. No caso da degeneração macular húmida recorre-se ao laser para coagular os vasos sanguíneos que não estão na mácula. O controlo periódico do fundo do olho é a melhor forma de prevenção.

Como prevenir

- A partir dos 60 anos recomenda-se um exame aos olhos com as pupilas dilatadas pelo menos uma vez por ano para detetar a doença a tempo e evitar que se agrave.

- Quando se padece da forma húmida deve-se fazer a cirurgia laser antes que a doença destrua a visão central.

- Para prevenir esta doença o melhor é seguir uma alimentação rica em vitaminas e minerais (fruta, verduras, carnes magras e peixe) e o tabaco é proibido.

artigo do parceiro:

Comentários