Conselhos práticos

Cuidados simples que melhoram a vida de quem tem incontinência urinária

Alguns idosos, sobretudo aqueles com maior grau de dependência, deixam de realizar muitas das suas anteriores actividades devido às implicações que a incontinência urinária representa nas suas vidas.

Frequentemente, isso dá origem a depressões profundas e a um quotidiano preso à área de uma cama ou de uma cadeira.

Por outro lado, a falta de condições de alojamento adequadas às necessidades destes idosos acaba por dar origem a restrições físicas maiores do que seria necessário e, muitas vezes, a acidentes.

Para assegurar uma qualidade de vida superior ao seu ente querido, tenha em conta algumas pequenas coisas que pode fazer:

1. Deixe uma luz acesa de noite

No escuro, é muito mais fácil perder-se o equilíbrio. Muitos idosos recusam-se a ir à casa de banho durante a noite porque têm medo de cair, acabando por usar a fralda apesar de não terem incontinência nocturna.

2. Previna acidentes antes que aconteçam

Com menos equilíbrio e menor capacidade visual que a generalidade das pessoas, os idosos têm dificuldade em identificar obstáculos e memorizar mudanças na disposição do mobiliário.

Previna acidentes adaptando a casa e, em particular, a casa-de-banho, seguindo as seguintes dicas:

-Se o idoso tiver dificuldade em identificar a sanita, coloque um tampo de cor forte, de modo a destacá-lo do que a rodeia.

-Se o idoso se esquece onde é a casa-de-banho, uma placa na porta não irá ajudar. Mude a cor da porta da casa-de-banho (para se destacar das restantes) e mantenha-a sempre aberta.

-No duche, evite quedas colocando uma base aderente.

Comentários