BCG

Tudo sobre a vacina que protege o seu filho da tuberculose

A vacina BCG previne a tuberculose, uma doença provocada pelo bacilo de Koch que, geralmente, não apresenta sintomas mas pode-se denunciar pela febre baixa, cansaço, falta de apetite, emagrecimento ou tosse persistente.

Quando não tratada esta patologia pode implicar internamento hospitalar.

Esta vacina está integrada no Programa Nacional de Vacinação. É administrada à nascença numa única dose. É também recomendada a crianças com menos de seis meses que viajem para países com elevada incidência de tuberculose, nomeadamente a Letónia e Rússia.

Casos em que a criança não deve ser vacinada


  • Se estiver com uma doença aguda grave, com ou sem febre (temperatura rectal superior a 38,5ºC ou temperatura axial superior a 38ºC)

  • Se tiver tuberculose activa

  • Se tiver uma doença cutânea (por exemplo um eczema) generalizado

  • Se pesarmenosde2,0 Kg ao nascer

  • Se for uma criança imunodeprimida

Reacções secundárias

Cerca de um mês após a vacinação, surge geralmente um nódulo vermelho, no local onde foi administrada a vacina, que se transforma gradualmente numa vesícula. Esta vesícula pode deixar escapar líquido e transforma-se numa pequena úlcera que cicatriza em semanas ou meses, deixando uma pequena cicatriz. Em casos mais raros, podem aparecer gânglios aumentados na axila esquerda.

Procure o pediatra se...

Surgir alguma reacção grave à vacina, como gânglios muito aumentados nas axilas.

Fonte: Adaptado a partir de «O Plano de Saúde das Crianças – Guia Médico para Pais e Professores» dePaulo Oom (Academia do Livro)

Comentários