Alimentos que compensam a sua medicação

Descubra quais e o que podem (realmente) fazer por si

É o paradoxo de alguns tratamentos médicos. A ingestão de determinados fármacos pode favorecer a perda de alguns nutrientes, o que acaba por desiquilibrar um regime alimentar que deve procurar ser saudável.

A boa notícia é que pode reverter facilmente esta situação com alimentos que repõem no seu organismo tudo aquilo de que precisa.

Saiba quais:

Fármaco:
Estatinas (reduzem o colesterol)
Nutrientes que reduz: Coenzima Q10 (CoQ10)
Pode causar: Fadiga, dor muscular, nível elevado de enzimas hepáticas
Recupere com: Carne magra, frango, peixe
Conteúdo nutricional: 30 a 60 g de C0Q10 por dia

Fármaco: Terapias hormonais como a pílula
Nutrientes que reduz: Vitaminas B6 e C, ácido fólico e zinco
Pode causar: Insónia, debilidade do sistema imunológico, embolias
Recupere com: Abacate, hortícolas de folha verde, bananas e cereais integrais
Conteúdo nutricional: 2 mg de vitamina B6, 75 mg de vitamina C, 400 mcg de ácido fólico, 8 mg de zinco

Fármaco: Vasodilatadores ou betabloqueantes para a tensão alta
Nutrientes que reduz: Vitamina B6 (vasodilatadora), CoQ10 (betabloqueante)
Pode causar: Fadiga, anemia, debilidade muscular
Recupere com: Cereais integrais, nozes, carnes magras
Conteúdo nutricional: Até 2 mg de B6 ou 30 a 60 mg de CoQ10 por dia

Fármaco: Diuréticos contra a hipertensão ou doenças cardiovasculares
Nutrientes que reduz: Magnésio, potássio, zinco
Pode causar: Cãibras, taqui ou bradicardias, debilidade do sistema imunológico
Recupere com: Leite magro, feijão branco e nozes
Conteúdo nutricional: Até 400 mg de magnésio, 8 mg de zinco e 3.500 mg de potássio

artigo do parceiro:

Comentários