A saúde das crianças entre os 2 e os 6 anos

Os cuidados essenciais a ter nesta fase de crescimento

No seu segundo ano de vida, a criança vai crescer mais lentamente. Não há aqui qualquer motivo para alarme, é natural que isso aconteça.

No entanto, é a partir desta idade que as crianças começam a contrair doenças, talvez por estarem em maior contacto com o exterior, mais expostas a poeiras, bactérias e vírus.

«Dos 2 aos 6 anos são motivo fre­quente de consulta os atrasos de
lin­guagem», adverte a pediatra Helena Porfírio.

«Aos 2 anos, a criança já deve ser entendida quer por familiares quer por estranhos, deve conseguir cons­truir frases. Outros problemas são os que se prendem com os comportamen­tos difíceis», acrescenta a especialista. «Nesta fase a criança está já muito autónoma, começa a afirmar-se, tem birras, comportamentos de oposi­ção que exigem dos pais e educadores grande capacidade de interação, dis­ponibilidade psicológica e exercício de autoridade», refere Helena Porfírio.

«É profundamente errado fazer todas as vontades às crianças nesta idade, ceder a todas as suas exigências ou birras. É preciso que os pais e edu­cadores saibam dizer não na altura certa e adequadamente», sublinha ainda esta especialista.

Comentários