A importância do desporto

Anne Sophie Pereira revela como a prática regular de exercício físico lhe deu um novo ânimo para a vida

Esta nova fase da minha vida começou precisamente há três anos. Em 2007, era uma pessoa com excesso de peso e muito preguiçosa. Odiava as aulas de educação física e tudo.

Um dia, decidi que não podia ser assim, pois não tinha rumo e nada fazia sentido. Nunca mais me esqueço desse dia! Eram as férias escolares e estava prestes a fazer anos.

Decidi então emagrecer (pois sou determinada) e optar por fazer uma alimentação saudável e praticar exercício físico. Ao início, com algum sacrifício, confesso. Desde então, consegui alcançar os objectivos pretendidos.

Considero-me activa e, ao mesmo tempo, descobri duas paixões que não largo por nada, o desporto e a alimentação saudável. Diariamente, faço aulas de ginásio e de musculação e corro com o meu companheiro ao fim do dia (já o consegui mudar também) e sou muito cuidadosa com a alimentação, essencialmente para melhorar a saúde e para um melhor rendimento desportivo.

Resumindo, perdi cerca de 17 kg e sinto-me óptima e feliz. Chegar do trabalho e saber que irei trabalhar o meu corpo e estimular o meu coração, faz-me sentir bem. Quando estou no ginásio, sinto-me concretizada e não me importo de suar, pois é fruto de uma conquista que se prolonga hà três anos. Sinto-me cada vez mais nova e realizada e irei continuar a aprender e a conseguir melhores resultados.

Só de me lembrar o que era há três anos atrás, fico triste, pois foram anos perdidos. Anos que não foram aproveitados... Mas ainda fui a tempo. Seja qual for a sua idade, há que ter esperança e força de vontade, pois a vida é o melhor desporto.


Este testemunho é um dos relatos concorrentes ao Passatempo O leitor mais saudável do ano. Para saber quem ganhou, clique aqui.

artigo do parceiro:

Comentários