A importância de ser mais saudável

Por que deve passar a preocupar-se mais com a sua saúde

Cuidar da saúde é uma prioridade. Aproveite sempre o início de um novo ano para rever os exames que deve fazer. E ponha, finalmente, em prática o plano de deixar de fumar e aprender a canalizar energias para o que realmente importa. Sem stresse.

Estas são algumas das mudanças que deve realizar a este nível para se tornar numa mulher mais saudável e também muito mais feliz:

- Vou stressar menos

«O stresse dá-lhe uma falsa sensação de energia que desgasta o cérebro, as emoções e o próprio corpo», pelo que é normal que não se aperceba que está a ser vítima da cultura do objectivo» e «a viver sobrecarregada de tarefas», sublinha. E isso, refere Teresa Marta, coach para a coragem, «pode fazer com que adoeça».

«Faça uma lista das suas tarefas diárias. Verifique se os objetivos traçados continuam a fazer sentido ou se não serão demasiado pesados para continuar a suportá-los. Avalie-se menos e seja menos perfeccionista», aconselha a coach.

- Vou deixar de fumar

Ao fazê-lo, estará a reduzir o risco de vir a sofrer de doença cardiovascular, cancro do pulmão, do esófago e da boca, doença respiratória grave e incapacitante e a diminuir o risco de morte prematura, de acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS). Esforço e autodisciplina são as palavras de ordem no momento de pôr esta difícil decisão em prática.

Para tornar o processo mais fácil, a DGS aconselha a que escreva uma lista com os razões que a motivam e releia-a sempre que pensar em desistir, fixe um dia para o fazer de forma a estabelecer um compromisso consigo própria, envolva amigos e família na sua decisão, evite a proximidade com fumadores, pratique exercício físico e adote uma alimentação saudável. Se não conseguir à primeira, marque nova data e recomece.

- Vou voltar aos treinos

A prática regular de actividade física fará de si uma pessoa mais saudável, enérgica e bem disposta. Irá, ainda, reduzir o risco de vir a sofrer de artrite, doença cardiovascular, cancro ou depressão.
(Re)introduza o exercício físico no seu dia a dia. Estabeleça objectivos realistas e comece devagar, com caminhadas de 20 minutos, três vezes por semana, e aumente gradualmente a intensidade.

Intervale os treinos com dias de descanso, junte-se a um grupo de treino, de forma a estabelecer um compromisso e invista em bom equipamento (sentir-se bonita é uma motivação extra para não desistir). Depois de se habituar a andar e/ou correr, inscreva-se num ginásio e aconselhe-se com um personal trainer sobre o melhor plano de treino para si.

- Vou fazer os exames essenciais

Marque na agenda as consultas e exames que deverá realizar ao longo do ano:

Check-up
Inclui avaliação geral com exame clínico, medição da pressão arterial e eventual requisição de exames laboratoriais (urina, colesterol, glicemia e hemograma)

Consulta ginecológica
Permite detetar problemas na vagina, colo do útero e mama.

Consulta de dermatologia
Se tem pele clara e sinais cutâneos, é conveniente analisá-los se notar alterações na simetria, rebordo, diâmetro e cor.

Consulta dentária
Uma vez por ano deve fazer uma limpeza dentária e avaliar o estado da sua boca.

Texto: Nelma Viana com Teresa Marta (coach para a coragem) e Pedro Ribeiro da Silva (médico)

artigo do parceiro:

Comentários