3 erros que pode estar a cometer na sua higiene íntima

Os alertas e as recomendações de uma médica ginecologista

Existem comportamentos que, apesar de muitas vezes parecerem inócuos e inocentes, nem sempre o são. Siga os conselho da médica ginecologista Cátia Morgado Gameiro e evite problemas e situações desagradáveis:

1. Vestir lingerie sintética ou de seda

Prefira tecidos de algodão, a roupa sintética ou com muitas rendas pode alterar a barreira cutênea que protege a zona da vulva. Evite também o uso de roupa apertada que pode causar irritações.

2. Usar um sabão comum

O sabão ou gel de banho corporal tem habitualmente um pH muito alcalino que pode destruir a camada superficial lipídica da pele da vulva, levando a uma secura excessiva. Use uma fórmula específica para higiene íntima, com um pH neutro, ácido ou ligeiramente alcalino.

3. Fazer duches vaginais

Lave a zona da vulva duas vezes por dia (de manhã e à noite). Água, calcário, sabão e jatos demasiado violentes podem alterar o ecossistema vaginal e o excesso de lavagens causar irritações.

artigo do parceiro:

Comentários