10 passos para mudar de vida… à mesa!

Chega um novo ano e com ele novas resoluções que se querem cumprir. A alimentação não é excepção!

Para que os seus desejos se concretizem, evite as mudanças drásticas na sua alimentação. O ideal é mesmo dar passos pequenos, mas firmes, que façam a diferença na sua balança e, mais importante, na sua saúde! E verá: Cada pequena mudança é uma grande mudança.

Por exemplo, que tal recuperar receitas antigas e combinar ervas aromáticas frescas e óleo vegetal?!... Os temperos pré-preparados por si darão uma óptima ajuda na hora de fazer o jantar! Ou então começar, a sério, a ingerir mais hortaliças e vegetais?!

Não é fácil fazer mudanças drásticas na nossa alimentação. Aliás, as dietas restritivas são mesmo desaconselhadas. Seguem algumas sugestões de como poderá começar a fazer a diferença neste novo ano!

1. Antes de sair de casa, tome o pequeno-almoço! Cereais integrais, fruta e produtos lácteos são essenciais para dar ao seu organismo a energia de que ele precisa para começar o dia;

2. Nos lanches da manhã e da tarde, varie entre fruta, iogurte e, por que não, uma cenoura crua? Opte pelo pão menos processado, o escuro, e tenha atenção às bolachas: Evite as que têm gordura hidrogenada;

3. No pão, limite o consumo de manteiga. Lembre-se dos doces e compotas e dê preferência aos produtos magros (queijo, fiambre);

4. Aumente o consumo de peixe. Nas carnes, prefira as brancas, mas não precisa de pôr de lado as vermelhas (vaca, porco…), desde que as limpe bem. Não se esqueça que as gorduras animais só fazem mal ao seu colesterol;

5. Experimente novos alimentos! Por exemplo, substitua a alface por endívia, com o dobro da fibra das alfaces normais; Substitua o tomate pela beterraba, rica em potássio, sódio e magnésio, e junte umas gotas de óleo de girassol para ligar os alimentos;

6. Ponha a sua imaginação a funcionar e varie no método culinário, de forma a melhorar o equilíbrio nutricional! Desfrute dos aromas dos ensopados, dos cozidos, dos assados, dos estufados e dos fritos.

7. Tenha atenção às gorduras: Prefira as de origem vegetal (óleos vegetais, azeite), que são excelentes fornecedoras de ácidos gordos essenciais (mono e polinsaturados);

8. Recupere receitas antigas e combine ervas aromáticas frescas e óleo vegetal. Os temperos pré-preparados por si darão uma óptima ajuda na hora de fazer o jantar;

9. Use e abuse das hortaliças e vegetais. Lembre-se, umas gotas de óleo de girassol ajudam a ligar os alimentos e facilita a absorção de substâncias lipossolúveis, como as vitaminas e os carotenóides;

10. Beba muitos líquidos! A hidratação é essencial para regular a temperatura corporal e ajuda a ter uma pele bonita.

Fotografia: ©Rey Kamensky - Fotolia.com
Agradecimentos: Maria Paes Vasconcelos, nutricionista

artigo do parceiro:

Comentários