10 factos sobre o pénis

Dados curiosos que a ciência já apurou sobre o órgão sexual masculino

9,8 centímetros. É este o comprimento médio do pénis do homem português quando está flácido.

Em erecção, o valor médio situa-se nos 15,8 centímetros.

Estes valores são o resultado de uma pesquisa, que envolveu a medição de 498 homens portugueses, desenvolvida por Nuno Monteiro Pereira, urologista e autor da obra «Pénis - Da Masculinidade ao Órgão Masculino», na qual poderá encontrar temas como a diferenciação sexual, o pénis normal, o pénis como símbolo, a identidade masculina e a insatisfação do homem com a sua auto-imagem corporal.

Encontre, já de seguida, neste artigo estas e outras conclusões reunidas por este especialista, às quais juntámos outros factos apurados pela ciência.

1. Existem diversas classes de pénis

De acordo com a dimensão do pénis, revela a obra de Nuno Monteiro Pereira, é possível classificar este órgão sexual da seguinte forma:

- Micropénis: tem menos de 6,2 centímetros quando está flácido e menos de 10,9 centímetros quando em erecção.

- Pénis pequeno: tem entre 6,3 e 8 centímetros quando está flácido e entre 11 e 13 centímetros em erecção.

- Pénis normal: tem entre 8,1 e 11,7 centímetros quando está flácido e 13,1 e 17,2 centímetros em erecção.

- Pénis grande: tem entre 11,8 e 13,5 centímetros no estado flácido e 17,3 e 19,4 centímetros em erecção.

- Megapénis: tem mais de 13,6 centímetros quando está flácido e mais de 19,5 centímetros quando erecto.

2. Os homens negros têm o pénis maior, mas os homens baixos e os homens gordos não

De acordo com a investigação de Nuno Monteiro Pereira, o pénis flácido do homem de raça negra tem, em média, 11,9 centímetros, tendo 17,64 centímetros quando está erecto. «Confirma-se, pois, o mito de que os africanos têm o pénis maior do que os europeus. O mesmo estudo também confirma o mito que os homens gordos têm um pénis mais pequeno do que os homens magros, embora isso se deva quase sempre ao facto da gordura esconder a base do pénis. Já o mito de que os homens mais baixos têm um pénis maior do que os mais altos não foi confirmado», revela Nuno Monteiro Pereira.

Comentários