Posição Lateral de Segurança

A perda de sentidos, vulgarmente conhecida por desmaio, pode surgir como resultado de inúmeras situações de doença aguda, que invariavelmente conduzem a uma situação de maior risco decorrente da inconsciência.
Esse risco resulta da obstrução da via aérea pelo maciço lingual, levando a que uma situação de menor gravidade acabe por culminar na paragem ventilatória da vítima, levando a uma situação mais grave.
Deste modo, a actuação deve prevenir o agravamento da situação, promovendo a desobstrução da via aérea e facilitar a função ventilatória eficaz. A colocação de uma vítima inconsciente em posição lateral de segurança evita por um lado que a língua impeça a passagem do ar e garante também a drenagem pela boca, de saliva ou outros fluídos, que poderiam contribuir para a obstrução.
A execução da manobra assenta nos princípios da manutenção do alinhamento e da estabilidade da vítima, sendo esta apoiada em dois pontos por onde é puxada com suavidade.
A posição final deve permitir uma vigilância das funções vitais da vítima, a distensibilidade do tórax e abdómen e a manutenção da temperatura. É importante não esquecer a activação das equipas de emergência.

Comentários