Super melancia

Uma fruta com vitaminas e sem calorias

Doce, suculenta e muito rica em água, não sacia apenas a sede, tem um enorme efeito hidratante e revitalizantes.

A melancia é uma das frutas mais frescas e ligeiras do verão e tem um inegualável poder hidratante e desintoxicante devido ao seu grande conteúdo de água.

Aproveite os dias quentes para saborear esta fruta.

A melancia deve ter bastante peso e, ao parti-la, emitir um som limpo. Se soa a oco significa que a fruta está repleta de água, madura e no ponto. Outra forma é comprovar que a mancha da casca que esteve em contacto direto com o solo é um amarelo cremoso. Uma mancha branca ou esverdeada indica que a sua polpa estará insípida por falta de maturação. Uma vez partida, deve ser consumida o quanto antes.

Conserva-se uns dias no frigorífico, coberta com um plástico sem retirar a parte central das sementes. Muito sensível ao frio, a melancia deve estar a uma temperatura não superior a 7º a 10º C. Encontrará os melhores exemplares no verão, sendo que a melancia surge entre junho e agosto.


Tipos de melancia


  • Com sementes: de casca verde escura ou quase negra, são os exemplares que mais se cultivam.


  • Sem sementes: na realidade têm-nas sim, mas são tão pequenas, que quase não se vêem. Têm a casca verde clara com riscas verdes escuras e a polpa pode ser de cor vermelha ou amarela.


5 razões para comer melancia

- São laxantes e diuréticas. Limpam e depuram o organismo de resíduos e substâncias tóxicas. Estão indicadas para problemas de rins ou de coração.

- São pobres em calorias e sódio. Aconselham-se para emagrecer, manter o peso e prevenir a obesidade.

- Previnem doenças como alguns tipos de cancro e o envelhecimento prematuro, graças aos antioxidantes que contêm (os betacarotenos).

- Revitalizam e rejuvenescem, melhoram o estado geral da pele. Notará o cabelo e as unhas a fortalecerem-se.

- Ajudam a fortalecer os ossos e os dentes graças à presença assinalável de cálcio.


Texto: Daniela Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários