Reduza a quantidade de sal que ingere

Uma semana é mais do que suficiente para (re)adquirir novos hábitos alimentares

O sal é um dos grandes inimigos da sua saúde.

Cinco gramas diários é a dose máxima de sal que deve ingerir por dia para ajudar o seu organismo a salvaguardar-se de uma das principais causas de hipertensão e doença cardiovascular.

A nutricionista Cátia Gouveia desenvolveu um plano para implementar em oito dias que a vai ajudar a reduzir a quantidade de sal que ingere:

1º dia
80 por cento do sal que ingerimos está escondido nos alimentos embalados. Quando for às compras, opte por alimentos com menos de cinco por cento da dose recomendada de sal ou sódio por porção. Esteja atenta a enchidos, refeições pré-cozinhadas, molhos e batatas fritas.

2º dia
Reduza para metade a quantidade de sal que adiciona aos seus cozinhados. Como alternativa, use especiarias e ervas aromáticas para potenciar o sabor dos alimentos. Para a carne, prefira tomilho, cominhos ou manjericão e, para o peixe, colorau ou pimentão.

3º dia
Adira à marmita. Ao preparar as suas refeições, controla a quantidade de sal adicionado. Se almoçar fora, fuja dos pratos do dia e prefira pratos confecionados no momento, como os grelhados. Peça para não adicionarem sal.

4º dia
Hoje é dia de se livrar de um hábito antigo. Prepare uma salada de tomate e pepino e tempere-a apenas com azeite, orégãos, sumo de limão ou vinagre de fruta. Uma salada bem temperada dispensa a adição de sal.

5º dia
Aposte numa alimentação rica em fruta e legumes, que têm menos concentração de sódio. Em simultâneo, consuma alimentos ricos em potássio, como bananas, espinafres e leguminosas, uma vez que este tipo de alimentos facilita a excreção de sal pelo organismo.

6º dia
Ainda não consegue tolerar a falta de sal? Minimize os danos. Troque o sal tradicional (com cerca de 40 por cento de sódio) pelo sal cem por cento natural e com apenas oito por cento de sódio.

7º dia
Se está a ser difícil reduzir o consumo de sal, experimente uma versão com teor reduzido ou nulo de sódio. Mas não abuse e prefira as soluções naturais.

8º dia
As suas papilas gustativas ainda não se habituaram à falta de sal, mas estão no bom caminho. Aproveite para eliminá-lo totalmente da sopa, dos estufados e dos assados. A combinação de sabores destes pratos, dispensa o sal. Se, ainda assim, sente que falta qualquer coisa, aipo, hortelã e louro são ótimos aliados do sabor.

Texto: Nelma Viana, Rita Miguel e Vanda Oliveira com Cátia Gouveia (nutricionista), Hugo Meca (wellness coach e investigador da Faculdade de Motricidade Humana), Paulo Vitória (coordenador da linha SOS Deixar de Fumar), Miguel Rego (nutricionista) e Pedro Ribeiro da Silva (médico de Medicina Geral e Familiar na Direção-Geral da Saúde)

artigo do parceiro:

Comentários