Páscoa (mais) saudável

A seguir às festividades natalícias, é um dos períodos do ano com mais tentações gastronómicas. Se não resiste a ovos, amêndoas e folares, damos-lhe ideias para celebrar a quadra sem engordar.

À semelhança do Natal, a Páscoa é uma das alturas mais críticas do ano para quem engorda facilmente. Por causa dos folares, das amêndoas, da aletria e dos coelhos e ovos de chocolate, é também uma das alturas de maiores tentações para os que andam a tentar perder peso. Como daqui até ao verão vai apenas um (pequeno) passo, estes são algumas das recomendações que deve seguir nesta altura mas também em todas as outras para não fazer disparar os ponteiros da balança:

- Planeie os excessos

Em vez de tentar abolir os alimentos mais calóricos, escolha como e quando vai pisar o risco e tente compensar ingerindo menos calorias noutra altura.

- Mantenha-se ativo

Passeie a pé ou aproveite para organizar uma caça ao ovo para os seus filhos ou outros membros da família.

- Encontre alternativas

O mercado está repleto de novidades. Prefira, por exemplo, ovos de plástico com brinquedos ou outras lembranças podem ser mais valorizados do que os doces. Se optar por comer ou oferecer chocolate, prefira o preto. Prefira também os ovos pequenos embalados individualmente em vez de figuras grandes de chocolate.

- Foque-se no essencial

Lembrar-se do significado mais profundo desta época, ligado à capacidade de transformação, pode ajudá-la a abstrair-se da comida e a ganhar forças para cimentar hábitos saudáveis.

artigo do parceiro:

Comentários