O que escondem os alimentos 0% açúcar?

É consensual entre médicos e profissionais de saúde que a ingestão excessiva de açúcar é extremamente prejudicial para a saúde.
créditos: Pexels

O açúcar, quando chega em grandes quantidades ao fígado, é convertido em gordura causando, mais tarde, problemas de saúde designados por síndrome metabólica (obesidade, hipertensão, hiperglicémia, alteração dos valores dos triglicéridos e colesterol).

De acordo com um estudo publicado no Journal of the Heart Association, os adolescentes que ingerem grandes quantidades de açúcares, apresentam piores perfis lipídicos (níveis mais baixos do bom colesterol e mais altos do mau e dos triglicéridos).

No entanto, o consumo mundial do açúcar triplicou nos últimos anos. Sabia que os doces não são os únicos alimentos que devem ser evitados por quem quer diminuir a ingestão de açúcar?

Alimentos processados como: guloseimas, bolos, bolachas, bombons, gomas, gelados, chocolates cereais de pequeno-almoço, leite achocolatado, refrigerantes, iogurtes, compotas, douradinhos, lasanhas, salsichas, almôndegas, molhos, sobremesas, pizzas, batatas fritas entre outros, são ricos em açúcar!

Existem muitos alimentos que aparentemente são vendidos como "saudáveis", magros, sem açúcar ou sem gordura e que, na verdade, contêm altas doses destes ingredientes.

A leitura dos rótulos torna-se uma tarefa indispensável na hora de ir as compras. Tome especial atenção aos 5 alimentos industrializados que escondem grandes quantidades de açúcar.

1 - Alimentos com 0% de gordura

Alimentos com 0% de gordura não significam que possuem 0% de açúcar. Este é o caso dos iogurtes.

Nesses alimentos, o açúcar normalmente é adicionado para dar sabor e cremosidade ao produto quando a gordura é removida.

Um iogurte de 160 gramas que indica no rótulo 0% de gordura, por exemplo, um iogurte líquido ou 1 iogurte sólido do tipo sobremesa, que são consumidos diariamente pela maioria da população, pode ter por exemplo, até 20 gramas de açúcar – o equivalente a 3 pacotes de açúcar.

Sugestão da Nutricionista: Prefira um iogurte natural não açucarado e junte uma fruta fresca e/ou frutos oleaginosas (exe: avelãs, nozes) ou sementes (exe: chia, sésamo,...) e um cereal não açucarado do tipo flocos de aveia integrais. Terá um iogurte cheio de sabor e rico em proteínas, vitaminas e minerais!

Veja na página seguinte mais alimentos industrializados que escondem grandes quantidades de açúcar

Comentários