Maitake

O cogumelo que fortalece o sistema imunitário

O maitake (grifolia frondosa) é um cogumelo comestível muito popular no Japão e um dos fungos mais utilizados pela Naturopatia. Pode encontrá-lo em centros dietéticos.

Num estudo de 1997, realizado em vários hospitais e centros oncológicos do Japão, 165 pacientes com vários tipos de cancro, com 25 a 65 anos de idade, combinaram o uso de maitake com o tratamento convencional. Os efeitos secundários da quimioterapia foram reduzidos em 90% dos pacientes e a dor em 83%.

Na hepatite viral, um estudo demonstrou que a associação do maitake com um fármaco anti-viral (o interferão alfa-2b) aumenta em nove vezes a eficácia do tratamento, como revelou o estudo Antiviral Research de 2007.

As propriedades terapêuticas deste cogumelo

O maitake é um estimulante do sistema imunitário de largo espetro. Atua em casos mais simples (gripes e outras infeções bacterianas e virais), mas também em oncologia, ajudando a inibir o desenvolvimento de tumores e metástases.

No Japão, é um dos tratamentos mais utilizados para o cancro do estômago, sendo também utilizado nas neoplasias do cólon, mama, pulmões, fígado, próstata e cérebro. Aumenta os efeitos da quimioterapia ao mesmo tempo que reduz os seus efeitos adversos (queda de cabelo, dores e náuseas).

Este cogumelo atua como desintoxicante do fígado, sendo útil no tratamento de hepatites, principalmente virais. O maitake pode ainda ser usado como coadjuvante de outros tratamentos naturopáticos no controle da diabetes, pressão arterial e infeção por HIV.

Ver artigo completo

Comentários