Fazer contas às calorias

Nutricionista indica-lhe estratégias para reduzir a ingestão de calorias no dia-a-dia

A contagem de calorias é uma tarefa complicada, não só pelo facto de ser difícil aplicá-la a refeições completas, mas também porque está dependente dos métodos culinários utilizados e das porções ingeridas.

Poderá tentar começar por orientar as suas escolhas alimentares reorganizando as refeições, mantendo uma proporção mais equilibrada, em que legumes ou salada ocupem metade do prato.

Reserve um quarto do prato para a componente proteica (privilegiando as carnes magras e o peixe) e o restante espaço do seu prato com a componente farinácea (arroz, massa, feijão, grão). Reduza também a ingestão de gorduras e confeccione as refeições com pouca gordura, preferindo grelhar, cozer ou estufar (em cru). Ponha também de parte todo o tipo de refrigerantes açucarados e bebidas alcoólicas. Se possível elemine-os da sua alimentação.

Poderá também aceder à Tabela de Composição dos Alimentos, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge para obter tabelas com informação detalhada sobre calorias e demais composição nutricional, incluindo pratos cozinhados. Para obter um plano estruturado de acordo com as suas necessidades energéticas e nutricionais, com uma indicação precisa das quantidades a ingerir em cada refeição, deve consultar um nutricionista.


Texto: Miguel Ângelo Rego (nutricionista e colaborador da Plataforma de Combate à Obesidade da Direcção Geral de Saúde)


artigo do parceiro:

Comentários