Estévia, a doçura sem calorias

Com mais do dobro do poder adoçante da cana de açúcar, a estévia não tem calorias e pode ser sujeita a altas temperaturas.

Rodrigo MenezesUm produto 100%natural, a estévia é uma planta originária da América do Sul, usada há milhares de anos para adoçar alimentos.

É ingrediente indispensável na indústria alimentar “light”, já que muitas marcas de refrigerantes e iogurtes recorrem à planta para lançar no mercado produtos saborosos mas pouco calóricos. Com algumas vantagens em relação ao açúcar tradicional: ajuda a manter a linha, combate problemas como excesso de peso e obesidade e pode ser consumido por diabéticos, grávidas e mulheres a amamentar.

Depois de diversos estudos científicos, a Comissão Europeia aprovou em 2011 o uso deste ingrediente em toda a Europa (só a França tinha autorizado antes) e em 2012 apareceram os primeiros produtos no mercado, recorrendo ao nome em latim Stevia.

A Canderel lança agora uma embalagem de 150g deste adoçante granulado (preço recomendado: €3,99), ideal para utilização culinária, já que pode ser sujeito a altas temperaturas.

Segundo Rodrigo Menezes, que orientou um workshop de cozinha na apresentação do produto, basta um terço da quantidade indicada numa receita tradicional (a marca recomenda metade) para conseguir um bom resultado. Mas atenção: pode ser necessário acrescentar outro ingrediente para substituir o peso perdido, especialmente quando se trata de pastelaria. O especialista recomenda a substituição por iogurte natural, por exemplo, para que a receita final dê certo.

O Stevia pode ser usado em todos os tipos de prato, desde a entrada à sobremesa. Ficam as sugestões de uma aromática Sopa de kiwi e gengibre; um prato de Peito de pato com compota de frutos do bosque e uns deliciosos Pasteis de nata.

artigo do parceiro:

Comentários