Ervilhas

As leguminosas que dão energia e rejuvenescem

Para além de todas as suas qualidades culinárias, as ervilhas fornecem energia e juventude graças à sua riqueza em fibra, hidratos e proteínas.

O grande trunfo destas pequenas leguminosas está na sua riqueza em proteínas. Como todas as sementes, as ervilhas transbordam ácidos nucleicos, umas moléculas que atuam como rejuvenescedores naturais.

As nossas próprias células necessitam destes ácidos para se reparar (sem estes ácidos, os nosso tecidos não podem regenerar-se).

As ervilhas contêm uma quantidade significativa de vitaminas do grupo B (B1, B2 e B3), imprescindíveis para libertar a energia dos alimentos. A vitamina B1 (tiamina) é responsável por alimentar o sistema nervoso central e periférico. Permite enfrentar melhor as tensões do dia a dia e manter estável o estado de ânimo.

A vitamina B2 (riboflavina) fornece energia celular e fortalece a pele, o cabelo e as mucosas, em especial a córnea, graças à sua capacidade oxigenadora. A B3 (niacina) reforça o sistema circulatório e melhora o estado de ânimo. Para além disso, as ervilhas possuem uma quantidade significativa de vitamina A, que atua protegendo a visão, fortalecendo o sistema imunitário e regulando o correcto crescimento do organismo.

Comentários