Erros alimentares - o Chocolate

Será um vício? Prefira o prazer de comer de tudo um pouco.

Quando nos tentamos convencer que temos necessidade de comer um doce com frequência, o mais prático é ter sempre um chocolate na carteira, para o caso de surgir uma emergência!

É assim que se criam os vícios, quando arranjamos uma solução rápida e de fácil acesso!

Não deve permitir que isso aconteça, pois só está a criar um mau hábito, e quando quiser desistir será bem mais difícil!

O chocolate é um produto que tem vários ingredientes, que no seu todo, fornecem um elevado número de calorias. A manteiga de cacau, que fornece grande percentagem de gordura, o açúcar, o cacau, leite em pó, etc.

Tal como o café e o chá, possui uma capacidade de interagir com o nosso cérebro, pode desencadear a ansiedade ou gerar dor de cabeça. Por outro lado, aumenta a oleosidade da pele e favorece o aumento de peso.

um alimento que em determinadas situações, por exemplo para um desportista, ou indivíduo que tenha uma actividade física intensa, pode ter propriedades benéficas, porque é uma boa fonte de energia. Mas, em situações normais, quer dizer, tratando-se de um indivíduo com actividade física ligeira, que come chocolate habitualmente, deve fazê-lo em quantidades moderadas, cerca de 50 a 100g por semana.

O vício só se torna vício quando nós o cultivamos. Controle-se! E prefira antes o prazer de comer de tudo um pouco!

Joana Ávila
Nutricionista do Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva

artigo do parceiro:

Comentários