Descubra o peso da fruta!

A fruta é uma excelente aliada do nosso bem-estar. Sabe porquê? Por que não engorda! Por exemplo, a goiaba, a melancia e os morangos são frutos com baixas calorias e nutricionalmente ricos em vitaminas, sais minerais e fibras.

A chegada dos dias mais quentes é sinónimo de restrição alimentar, e com ela surgem as mudanças de humor. Porém, essa não é a melhor estratégia para manter a linha e sentir-se bem. Comer um pouco de tudo, de forma equilibrada e variada é a medida mais sensata para manter o peso. E a fruta, seja na sua forma natural, em dose ou em sumo, dá essa ajuda! E a razão é simples: Tem poucas calorias e permite a ingestão de nutrientes – fibras, vitaminas, antioxidantes, sais minerais - essenciais ao bom funcionamento do organismo!

Mas como a fruta não é toda igual, é curioso saber que existem frutos com menor  teor de calorias, os quais podem ser os novos aliados este Verão. Por exemplo, por cada 100 gramas de fruta, o ananás tem 44 Kcal; a melancia tem 24kcal; a goiaba tem 54 Kcal e a pêra 41kcal. Estes frutos têm em comum o facto de terem elevadas quantidades de fibras solúveis que ajudam a regular o trânsito intestinal ao mesmo tempo que causam a sensação de saciedade. O seu aroma adocicado surge sobre a forma de açúcares como a frutose, a glicose ou a sacarose, mas estão presentes em pequena percentagem, bem como as proteínas e a gordura, dai que tenha valores reduzidos de calorias, mas todos os benefícios da fruta!

Mas não se esqueça: a fruta deverá fazer parte do seu dia-a-dia todo o ano. E no caso da fruta exótica, os sumos podem ser uma alternativa para fazer o gostinho ao dente, durante todo o ano! A Organização Mundial de Saúde reforça a mensagem de que a ingestão de cinco porções de frutas e vegetais diárias permite reduzir em 50% os casos de cancro.

FRUTOS DE VERÃO

Ananás – 44Kcal/100gramas

Digestão bem feita, menos peso na barriga! Há muito que se conhece as propriedades digestivas do ananás. O grande responsável é a bromelina, uma enzima que ajuda a desdobrar as proteínas, facilitando a digestão. As fibras solúveis são outro dos segredos deste fruto, já que actuam ao nível da saciedade. Com um sabor exótico, o ananás é um fruto com um baixo valor energético – 44kcal/100 gramas. Por outro lado, o seu elevado conteúdo de água confere-lhe propriedades diuréticas que ajudam a controlar o apetite ao mesmo tempo que hidrata. As vitaminas B1, B2 e C dão outra ajuda já que garantem a protecção do sistema imunitário.

Amora – 60 Kcal/100gramas

Quem resiste a “bicar” das silvas uma ou outra amora? A verdade é que nem imagina o bem que faz! Os antioxidantes das amoras – antocianinas – actuam no reforço das defesas do organismo, tornando-o mais resistente a infecções, ao mesmo tempo que ajudam no retrardar dos efeitos do envelhecimento. Este fruto vermelho, de cor vermelho escuro, é bantante leve já que é composto por uma grande quantidade de água (85%) e rico em fibras que ajudam saciar. Baixa em calorias – 60 Kcal/100 gramas - , a amora é altamente nutritiva graças também às suas vitaminas A, B e C e ácido citrico. Tem ainda propriedades depurativas, digestivas e diuréticas.

Melancia – 24kcal/ 100 gramas

Altamente refrescante, doce e muito nutritiva, a melancia é um fruto de Verão por excelência. Para além de ser constituída por mais de 90% de água, os sais minerais e as vitaminas do complexo B e C ajudam a reforçar as defesas naturais. Estudos recente revelaram que este fruto da família das abóboras e do melão têm compostos de licopeno, pigmento que confere a cor vermelha à melancia, e glutamina, que protegem o organismo contra o cancro e a oxidação celular. E no que confere ao peso e calorias: por cada 100 gramas de melancia apenas 24 calorias!! Ao actuar enquanto vasodilatador, este fruto protege as artérias e o coração. O sumo de melancia está recomendado para ajudar na eliminação do ácido úrico.

Goiaba –  54 Kcal/100 gramas

Com um aroma inconfundível, a goiaba é um fruto de casca verde-amarela, mas com uma polpa avermelhada rica em nutrientes – betacaroteno, que o corpo transforma em vitamina A, licopeno e fibras solúveis - que ajudam na redução do colesterol e do controle da pressão sanguínea. Este fruto, originário da América Central e do Sul, tem um elevado valor nutritivo. Por ter um baixo valor calórico –  54kcal/100 gramas – é indicado para quem quer manter a linha. Para além de conter pouco açúcar e gordura é rico em vitamina C, tendo por isso antioxidantes que ajudam a proteger contra as infecções.

Morango – 29kcal /100 gramas

Já na antiga Roma este fruto era apreciado pelas suas virtudes terapêuticas. Uma mão cheia deste fruto promove a saúde do sistema digestivo e ajuda a diminuir os níveis do mau colesterol! O aroma adocicado dos morangos surge sobre a forma de frutose, glicose ou sacarose (mesmo os morangos mais doces têm pouco mais que cinco por cento de hidratos de carbono). Rico em água, este fruto vermelho tem um efeito diurético que favorece a eliminação do ácido úrico e dos sais minerais. As pequenas sementes presentes neste fruto, quando combinadas com os seus sais minerais, estimulam os intestinos mais preguiçosos. Dai que se costume dizer que “os morangos varrem as toxinas”. O seu baixo valor calórico – 29kcal/100 gramas -, aliado à sua riqueza em fibras solúveis ajuda a manter a glicose estável, sem grandes picos, garantindo momentos de saciedade.

Pêra – 41kcal/100 gramas

De acordo com a medicina oriental, a pêra ameniza os transtornos feminino, como o inchaço no período menstrual. Mas enquanto que antigamente se associava esta capacidade ao simples facto de a fruta quando cortada ao meio formar o desenho de um útero, hoje sabe-se que a pêra é rica em potássio, que ajuda a eliminar o excesso de líquidos do corpo. Rica em vitamina A e C, em sais minerais e fibras, não é por acaso que a pêra é associada ao tratamento da hipertensão e obstipação. Este fruto é uma fonte rápida e natural de energia. Uma vantagem a que se associa uma outra: tem poucas calorias - 41kcal/100 gramas!

Alexandra Bento
N
utricionista

artigo do parceiro:

Comentários