Como ingerir água sem a beber

Muitas pessoas passam o dia inteiro sem ela, apesar dos especialistas defenderem um consumo diário mínimo de um litro e meio. É o seu caso? Descubra formas saborosas de corrigir esta situação

É absolutamente essencial ao organismo. Graças à água assimilamos nutrientes, recebemos oxigénio através do sangue, eliminamos toxinas e regulamos a temperatura do corpo. Para isso, necessitamos de beber cerca de dois litros de água por dia. Por vezes, beber água simples em quantidade pode torna-se pouco agradável e monótono. Mas lembre-se que, desses dois litros de que o corpo precisa, metade pode estar na água propriamente dita e, a outra metade, pode estar nos alimentos que ingere.

Os alimentos mais ricos em água são, por esta ordem, legumes, fruta, leite, peixe, marisco e carne. Para garantir uma hidratação natural efetiva, deve privilegiá-los no seu dia a dia. Siga, por isso, estas saborosas e nutritivas formas de se hidratar e nutrir alternativas ao precioso líquido, que também não pode deixar de ingerir. Abaixo encontra a percentagem de água contida nalguns dos principais alimentos que fazem parte da nossa alimentação diária e que não se deve esquecer de ingerir diariamente:

- Abóbora: 96,6%
- Alface: 95,9%
- Pepino: 95,1%
- Aipo: 94,4%
- Melancia: 96,6%
- Tomate: 93,5%
- Sopa juliana: 93,2%
- Leite magro: 90,5%
- Limão: 90,1%
- Sumo de laranja: 88,8%
- Maçã: 86%
- Cerejas: 82,6%
- Uva branca: 80,6%
- Camarão: 79,2%
- Gelatina: 78,5%
- Ovo cozido: 75,3%

Texto: Ana Catarina Alberto

artigo do parceiro:

Comentários