Castanhas no ponto certo

As dicas do chef Vítor Sobral para melhor saborear o fruto-estrela do outono

O dia de São Martinho comemora-se anualmente a 11 de novembro mas as as castanhas começam a chegar à nossa mesa semanas antes dessa data e, congeladas, até acabam por ser ingeridas o ano inteiro. Se é apreciadora deste fruto, ensinamos-lhe os truques certos para preparar este fruto seco, de sabor adocicado e muito nutritivo. «Preparadas frescas e por nós, ficam ainda mais saborosas», assegura mesmo o chef Vítor Sobral.

Fritas

Depois de lavar as castanhas, seque-as muito bem com papel de cozinha. Dê-lhes um golpe e coloque-as, com casca, numa frigideira ou fritadeira com o óleo já quente (um litro de óleo para um quilo de castanhas). Deixe fritar durante cerca de 25 minutos. Quando a casca estalar, estão prontas. As castanhas fritas são ideais para acompanhar pratos de carne assada.

Cozidas

Numa panela com água, coloque erva-doce (uma colher de café), louro (uma folha), alho (três dentes), sal (uma colher de sopa) e pimenta. Estas são as quantidades recomendadas para um quilo de castanhas. De seguida, coloque as castanhas (com um golpe) e deixe ferver em lume brando, durante 30/35 minutos (depois de ferver). Cozidas, as castanhas podem servir para fazer puré de castanhas, recheios e molhos.

Assadas

Podem ser feitas nos assadores tradicionais com carvão ou no forno. Coloque as castanhas (sem esquecer de dar um golpe) num tabuleiro, com sal (uma colher de sopa para um quilo de castanhas) e leve-as ao forno, a 150º C, durante cerca de 45 minutos. Se as assar num assador tradicional, estão prontas quando a pele (de dentro) ficar castanha.

Para acelerar a assadura no forno, coloque uma colher de sopa de azeite sobre as castanhas. Confecionadas deste modo são ideias para petiscar. Na época de São Martinho, é típico
acompanhá-las com jeropiga ou água-pé.

4 regras essencias para ingerir este fruto

1. Independentemente da forma de preparação, faça sempre um golpe nas castanhas. É essencial para que estas absorvam o sabor do tempero (o tipo de golpe é indiferente, pode ser feito no meio da castanha, de cima para baixo).

2. Sempre que fizer castanhas cozidas, tempere-as com erva-doce, alho, louro, sal e pimenta. Cozidas em água simples, ficam sem sabor.

3. Se fritar as castanhas, use óleo de amendoim. É um dos melhores óleos para fritar, pois resiste a elevadas temperaturas sem se degradar.

4. Para descascar as castanhas mais facilmente, não as deixe arrefecer completamente. Devem ficar tépidas.

Sugestão

Se gosta de juntar castanhas aos seus cozinhados, experimente combiná-las com bacalhau, com polvo ou ainda marisco, como o lavagante e o camarão.

Texto: Sofia Cardoso com Vítor Sobral (chef e consultor de gastronomia)

artigo do parceiro:

Comentários