As (muitas) razões por que deve aumentar o consumo de alho

Protege o sistema imunitário, tem uma ação antibiótica e muito mais. Um estudo norte-americano associa ainda a sua ingestão a uma redução de risco de cancro do cólon.

O princípio ativo mais importante do alho é a alicina que intervém simultaneamente a nível imuno, onco e microbiológico. Segundo um estudo do Iowa Women's Health Study, nos Estados Unidos da América (EUA), que seguiu 41.837 mulheres entre os 55 e 69 anos, durante cinco anos, existe uma associação entre o consumo de alho e uma diminuição no risco de cancro do cólon. As vantagens deste alimento não se ficam, contudo, por aqui.

Uma outra investigação que durou quatro anos, realizada em 152 pessoas, demonstrou que  900 mg diários de alho reduziram em 2,6% as placas de ateroma que aumentaram em 15,6% no grupo placebo. O alho tem uma ampla utilização nas doenças cardiovasculares, nomeadamente hipocolesterolemiante, anti-coagulante, anti-agregante plaquetário, anti-aterosclerótico, antioxidante e hipotensor.

Tem também uma ação anti-cancerígena devido ao aumento da atividade de enzimas envolvidas no processo de antioxidação (catalase, SOD e glutatião), à estimulação do sistema imunitário (leucócitos e citocinas) e inibção da formação de compostos cancerígenos formados durante a digestão (nitrosaminas). Esta ação pode estar relacionada com o poder bactericida do alho relativamente ao helicobacter pylori, uma bactéria que está presente na génese de muitos cancros do estômago.

Outras propriedades

Estimula o sistema imunitário. Nas alergias, atua como anti-histamínico. Tem ainda uma ação antibiótica, anti-viral e
anti-fúngica direta.

Administração

200 a 1.000 mg de extrato de alho envelhecido por dia. Em casos graves, a dosagem pode ir até 5 g por dia.

Precauções

É uma planta extremamente segura, exceto em pacientes a fazerem IMAO (fármacos antidepressivos), pois pode potenciar a sua ação.

Remédios caseiros

- Faça um cataplasma de alho

Nas dores articulares agravadas pelo frio, pique uma cabeça de alho, misture com duas colheres de pó ou gengibre fresco e aplique sobre as zonas dolorosas 30 minutos.

- Alivie a dor de dentes

Para aliviar a sensação dolorosa, abra um dente de alho e coloque no local da dor.

Revisão científica: João Beles (naturopata)

artigo do parceiro:

Comentários