A Dieta dos Dois Tamanhos

Milhões de pessoas em todo o mundo tentam perder peso. Conheça o método de Ian K. Smith, um esquema que combate uma das principais dificuldades de quem quer emagrecer.

Promete levar à perda de 8 a 10 quilos em apenas semanas e à eliminação dos quilos que mais custam a perder… Os últimos! O autor deste plano de emagrecimento, Ian K. Smith, é um médico formado em Harvard e pela Universidade de Chicago, nos EUA. Foi nomeado pelo presidente Barack Obama para o Conselho do Presidente para a Boa Forma, o Desporto e a Nutrição. É presença habitual em programas de televisão, rádio e na imprensa norte-americana.

Normalmente, tem dificuldade em perder os últimos quilos até ao seu objetivo e está disposta a seguir instruções alimentares e planear as refeições (quatro principais e três lanches), com intervalos previamente definidos, além de fazer exercício, esta dieta é para si. São incentivadas «substituições inteligentes» ao longo do processo. O livro do autor inclui listas de refeições com vários aportes calóricos, permitindo que escolha em função dos seus objetivos, preferências e condição de saúde.

Mas, para garantir que respeita as diretrizes semanais e o plano diário, o livro «A Dieta dos 2 Tamanhos», publicado em Portugal pela editora Marcador, terá de ser o seu companheiro fiel. «O momento das refeições pode ser uma das razões pelas quais perde, ou não, peso. Hormonas como a insulina e o cortisol têm um papel importante», explica, contudo, o autor do livro, Ian K. Smith.

O método de Ian K. Smith

Um ciclo de seis semanas em que deve comer a cada três horas e meia para manter os níveis hormonais o mais consistentes possível. Sopas, batidos e smoothies são os pratos fortes, complementados por alimentos como frango, peru e peixe, mas também por frutos secos, saladas, leguminosas, tostas, sandes, panquecas e omeletes. Também constante nas seis semanas é a prática de exercício cardiovascular, cinco dias por semana.

O tédio e a adaptação do metabolismo são combatidos através da variação semanal do esquema alimentar e de exercício. Na primeira semana sopas, batidos e smoothies devem ter no máximo 300 calorias, na segunda 250, na terceira 200 e na quarta o máximo é de 200 calorias para batidos e smoothies e de 300 para as sopas.

Na quinta semana, o grande objetivo é ativar enzimas do fígado que melhoram o processo de desintoxicação, pelo que são indicados alimentos e bebidas específicos. Por exemplo,tal como nas outras semanas, deve começar o dia com um copo de água com limão, mas acrescentar-lhe semente ou óleo de linhaça. Na sexta semana, cada dia é diferente e há dois dias em que deve fazer duas sessões de exercício.

A fase da manutenção

Após o ciclo inicial de seis semanas, se ainda tiver peso para perder, pode fazer outro, reordenando as semanas da forma que melhor funciona para si e adicionando 20 minutos de exercício de resistência, duas a três vezes por semana. Depois de ter alcançado o seu objetivo, uma vez por mês deve seguir uma semana do plano à sua escolha. Após seis meses a manter o peso perdido, pode espaçar essa revisão até uma vez a cada dois meses.

Veja na página seguinte: 3 boas estratégias para por em prática

Comentários