8 truques para manter o peso

Os pressupostos que deve ter (mesmo) em conta para não voltar a engordar

Atualmente, a investigação científica no âmbito da obesidade preocupa-se em perceber por que algumas pessoas conseguem manter o peso perdido durante muitos anos e por que outras (a maioria) tem muita dificuldade em fazê-lo.

Com esse objetivo, foi criado, nos Estados Unidos da América, um registo de controlo do peso, uma ferramenta muito útil para pessoas obesas.

Esse registo identifica o padrão de comportamentos adoptado por aqueles que são bem sucedidos na gestão do seu peso após a perda. O objetivo é fornecer ajuda a outras pessoas que necessitem de gerir o seu peso a longo termo. O registo nacional de controlo do peso americano (NWCR) conta com a adesão de mais de 6.000 indivíduos que obtiveram sucesso a longo prazo na gestão do seu peso. Este é, por isso, o maior grupo bem sucedido na perda de peso e respetiva manutenção.

Com base no tratamento dos dados obtidos neste registo, na última década, foi identificado um padrão de comportamentos similar entre aqueles que obtiveram sucesso no controlo do seu peso, que permitiu elaborar oito recomendações para manter o peso após a perda:

1. A intervenção na manutenção do peso não deve ser idêntica à utilizada durante a perda de peso.

2. Certifique-se que é fisicamente ativo durante o processo de perda de peso.

3. As abordagens alimentares pobres em gorduras são melhores na prevenção do ganho de peso após a sua perda.

4. Tome o pequeno-almoço todos os dias.

5. Registe o seu peso periodicamente e regularmente, mantenha os registos alimentares e de atividade física diariamente.

6. Faça, pelo menos, uma hora de atividade física diária de intensidade moderada.

7. Mantenha um padrão alimentar regular.

8. Limite o tempo de permanência em frente à televisão.

O panorama português
Em Portugal, na Faculdade de Motricidade Humana, em parceria com a Direcção Geral da Saúde e com a Plataforma Contra a Obesidade e a Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade, foi criado o Registo Nacional de Controlo do Peso (RNCP). 

Este registo nacional, de participação voluntária, permitirá identificar indivíduos adultos com sucesso na redução e manutenção do peso a longo prazo, caracterizar os métodos associados à perda de peso bem sucedida. Além disso, com este método será possível descrever as estratégias de manutenção do peso adoptadas. 

O RNCP conta já com cerca de 200 casos de sucesso que constituem exemplos a seguir, especialmente por quem tem excesso de peso ou obesidade, que é o caso de mais de metade da população adulta portuguesa. Estes relatos podem ajudar mais portugueses a transformar as suas tentativas de perda e manutenção de peso em casos de sucesso.

Texto: Teresa Branco (coordenadora da Clínica Metabólica e investigadora no Laboratório do Exercício e Saúde da Faculdade de Motricidade Humana) 

artigo do parceiro:

Comentários