Vila do Bispo vai ter centro de apoio a jovens com problemas de desenvolvimento e autismo

Instalações foram disponibilizadas pela Câmara Municipal de Vila do Bispo
21 de fevereiro de 2013 - 18h35



A Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo do Algarve (APPDA) anunciou hoje que vai criar um centro de apoio a crianças e jovens com problemas de desenvolvimento e autismo no concelho de Vila do Bispo.



"É uma valência para apoiar crianças e jovens e também os pais, para serem ajudados a lidarem com situações problemáticas", disse hoje à agência Lusa Sofia Henriques, vice-presidente da associação.



O centro irá funcionar na antiga escola primária de Barão de São João, naquele concelho, instalações que foram disponibilizadas pela Câmara Municipal de Vila do Bispo no âmbito de um protocolo de parceria hoje assinado entre aquelas duas entidades.



De acordo com a vice-presidente da APPDA, no centro poder-se-á "assistir crianças, jovens e pais, através de várias terapias específicas, de acordo com cada caso".



Sofia Henriques disse ainda que desconhece o número de casos problemáticos naquele concelho do Algarve e asseverou que "a identificação dos casos será feita muito em breve", estimando que o número possa ser "significativo".



"Ainda não foi feita qualquer projeção, mas há indicadores que apontam para vários casos", realçou.



No âmbito do protocolo estabelecido com a Câmara de Vila do Bispo, a APPAD compromete-se ainda a efetuar descontos na prestação de serviços de saúde, nomeadamente nas consultas de psicologia clínica, musicoterapia, terapia da fala e terapia ocupacional.



A APPAD é uma instituição particular de solidariedade social sem fins lucrativos que tem por finalidade apoiar e promover a formação, a educação e a qualidade de vida das pessoas com perturbações de desenvolvimento e autismo, visando a sua integração escolar e social.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários