Vacina da gripe continuará a ser gratuita em 2014

Em 2012, mais de 55 por cento da população com mais de 65 anos estava vacinada
3 de abril de 2013



O ministro da Saúde, Paulo Macedo, anunciou hoje no parlamento que a vacina sazonal da gripe vai continuar a ser gratuita em 2014.



Atualmente, a vacina sazonal da gripe está disponível de forma gratuita nos centros de saúde para os grupos de risco, ou seja pessoas com mais de 65 anos, profissionais de saúde, crianças e portadores de deficiência.



O ministro indicou que, atualmente, mais de 55 por cento da população com mais de 65 anos foi vacinada.



Paulo Macedo anunciou ainda que durante os próximos 12 meses serão abertas mil camas para cuidados continuados, ascendendo a 7.000 as que ficarão disponíveis.



Um outro anúncio feito durante a audição na comissão parlamentar de saúde foi a de mais 50 mil consultas a realizar no âmbito do programa de promoção de saúde oral (cheque-dentista), sem mais custos para o Serviço Nacional de Saúde.



Este aumento resultou do entendimento com a Ordem dos Médicos Dentistas, que terá ainda resultado nos primeiros passos para a realização de rastreios ao cancro oral.



Sobre os valores da dívida do Serviço Nacional da Saúde (SNS), questões levantadas pelos deputados Manuel Pizarro (PS) e João Semedo (BE), o ministro revelou que esta é de 1,8 mil milhões de euros.



A este valor acrescem os montantes do Fundo de Apoio ao Sistema de Pagamentos (FASP) e do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), não revelados no decorrer da audição.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários