Urgência do Hospital de Leiria já regressou à normalidade

Inundação obrigou à retirada de doentes
23 de janeiro de 2013 - 14h22



O serviço de urgências do Hospital de Santo André, do Centro Hospitalar Leiria-Pombal (CHLP) já está a funcionar a 100%, informou hoje o Conselho de Administração (CA).



Em comunicado, o CHLP informa que o serviço de Urgência Geral "está a trabalhar já a 100%, em todas as zonas, e os doentes urgentes estão novamente a ser encaminhados para esta unidade" desde as 08:00 de hoje, após a inundação que ocorreu ao final da noite de terça-feira.



"A situação causada pela inundação provocada por uma fuga de água numa das torres de internamento do Hospital de Santo André está já praticamente normalizada. Os serviços estão a funcionar dentro da normalidade, decorrendo ainda trabalhos de manutenção assegurados pelas equipas internas do CHLP", esclareceu o CHLP.



O CA revelou ainda que "foram reagendadas todas as cirurgias não urgentes previstas para hoje, e os utentes informados, iniciando-se já amanhã [quinta-feira] a atividade cirúrgica programada na Cirurgia do Ambulatório, e na sexta-feira a restante atividade cirúrgica no Bloco Central".



Mantêm-se em funcionamento as salas operatórias necessárias para assegurar todas as urgências.



A "fuga de água" impediu o normal funcionamento na zona "laranja" [cor atribuída na triagem de Manchester] do serviço de urgências, o que obrigou à transferência dos doentes aqui internados para outros serviços do hospital, onde continuaram a ser "acompanhados e monitorizados".



Segundo o CHLP, a fuga de água terá sido provocada "pela cedência de uma junta de ligação na tubagem interna, numa das paredes da biblioteca, no primeiro andar, que por estar fechada impediu a deteção precoce do incidente".



A água "acumulou-se na biblioteca e depois drenou para o teto da zona ‘laranja’ das urgências, causando uma inundação", sem causar "quaisquer danos pessoais".



Apesar do Centro de Orientação de Doentes Urgentes ter a indicação para encaminhar os doentes urgentes para Coimbra, não houve necessidade de efetuar "qualquer desvio".



O serviço de urgências do Hospital de Santo André foi inaugurado a 08 de maio de 2012. A nova urgência modernizou-se e passou a ter capacidade para atender 250 utentes por dia.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários