Universidade do Porto e hospitais criam centros médicos académicos

O Centro Académico Clínico ICBAS-CHP e o Centro Universitário de Medicina FMUP-CHSJ, que visam reforçar e aprofundar as sinergias existentes entre as duas escolas de medicina do Porto e os dois principais hospitais da cidade, serão oficialmente constituídos segunda-feira.
créditos: EPA/ANGELIKA WARMUTH

O Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto vai ser o palco da assinatura das portarias para a criação dos dois consórcios entre a U.Porto – através da Faculdade de Medicina (FMUP) e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) – e os centros hospitalares da cidade do Porto - o Centro Hospitalar de São João, E.P.E. (CHSJ) e o Centro Hospitalar do Porto, E.P.E. (CHP).

A cerimónia será presidida pelos ministros da Educação e Ciência, Nuno Crato, e da Saúde, Paulo Macedo, contando também com as presenças do reitor da U.Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, dos presidentes dos conselhos de administração do CHSJ e do CHP e dos diretores do ICBAS e da FMUP.

Reforçar e aprofundar as sinergias existentes entre as duas escolas de Medicina do Porto e os dois principais hospitais da cidade, promovendo assim a melhoria da investigação e do ensino médico, bem como a prestação de cuidados de saúde à população são os grandes objetivos deste acordo, esclarece a Universidade do Porto, em comunicado.

“Concebidos enquanto estruturas integradas de assistência, ensino e investigação médica, os dois novos centros vão combinar as capacidades das duas escolas de medicina mais procuradas pelos estudantes portugueses com a experiência e qualidade reconhecidas dos dois centros hospitalares do Porto”, salienta a instituição.

Dessa “união de forças” espera-se que se desenvolvam dois polos de “excelência e inovação”, focados no avanço e na aplicação do conhecimento científico para a melhoria da saúde, acrescenta.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários