União Europeia proíbe cigarros eletrónicos em locais públicos a partir de hoje

Sociedade Portuguesa de Pneumologia apoia a proibição de cigarros eletrónicos em espaços públicos
19 de maio de 2014 - 12h39



A partir de hoje, o consumo de cigarros eletrónicos e tradicionais está proibido em locais públicos segundo as leis comunitárias.Os países da União Europeia têm agora dois anos para transpor a legislação para a diretiva.



Nos próximos dois anos, o consumo de cigarros eletrónicos e tradicionais em locais públicos será proibido. Todos os países afetos à União Europeia terão dois anos, ou seja, até 2016, para colocar em prática a lei.



Esta não é a primeira vez que o uso de cigarros eletrónicos é impedido e desaconselhados. Nos Estados Unidos, são já os vários estados que proíbem o uso destes dispositivos e alertam para os graves riscos que podem proporcionar à saúde não só do fumador como do agente passivo.



A Sociedade Portuguesa de Pneumologia apoia a proibição de cigarros eletrónicos em espaços públicos, uma medida que entra esta segunda-feira em vigor.



Na opinião de Carlos Cordeiro, presidente do SPP, a utilização de cigarros eletrónicos foi "um passo atrás".



Carlos Cordeiro explica que o aparecimento de cigarros eletrónicos em espaços onde já era proibido fumar cigarros normais fez "com que muitos jovens começassem a usar os cigarros eletrónicos como forma de iniciar o seu hábito".



Por SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários