UE pede investigação formal a quatro novas substâncias psicotrópicas

Análises de risco das substâncias em causa irão focar-se nas propriedades químicas e farmacológicas
29 de janeiro de 2014 - 14h21



Os 28 Estados-membros da União Europeia (UE) pediram hoje formalmente, em Bruxelas, a investigação sobre quatro novas substâncias depois de estas terem sido identificadas pelo sistema de alerta europeu para drogas.



A análise das substâncias em causa - 25I-NBOMe, AH-7921, MDPV e metoxetamina – será conduzida pelo comité científico do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência, em abril, com a participação de outros peritos dos Estados-membros, da Comissão Europeia, da Europol e da Agencia Europeia para os Medicamentos, segundo informação da agência sediada em Lisboa.



As análises de risco das substâncias em causa irão focar-se nas propriedades químicas e farmacológicas de cada uma delas, bem como no potencial de adição.



Os riscos sociais e para a saúde, bem como o envolvimento da criminalidade organizada na produção destas drogas também serão analisados.



SAPO Saúde com Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários