Três em cada quatro idosos institucionalizados toma medicamentos a mais

Estudo divulgado esta quinta-feira revela que idosos a viver em lares tomam medicamentos inapropriados e até duplicados, sobretudo tranquilizantes. Na investigação, relata-se, por exemplo, o caso de um doente a quem é prescrito 28 medicamentos.
créditos: FOTO DE ARQUIVO/LUSA

Os médicos das instituições “devem fazer a revisão da terapêutica periodicamente, mas as pessoas vêm tão doentes e incapacitadas que, muitas vezes, não há muito como mexer na medicação dos idosos”, disse o presidente da Associação de Apoio Domiciliário dos Lares e Casas de Repouso de Idosos (ALI).

João Ferreira de Almeida comentava à agência Lusa um estudo do Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz, divulgado pelo jornal Público, segundo o qual os idosos institucionalizados tomam muitos medicamentos, alguns inadequados ao seu estado de saúde.

Em média, cada idoso toma dois remédios desnecessários

Os investigadores analisaram exaustivamente a medicação de 126 idosos a residir em três lares das regiões de Lisboa e Vale do Tejo e do Alentejo e concluíram que cerca de um sexto dos 1.315 fármacos receitados diariamente foram identificados como “potencialmente inadequados” e, em média, cada idoso tomava dois remédios que não faziam sentido tendo em conta o seu estado de saúde e a sua idade.

No total, três quartos destes idosos estavam a tomar medicamentos potencialmente inadequados. Em média, cada um deles sofria de mais de quatro patologias e tomava mais de dez medicamentos por dia, havendo um idoso a quem tinham sido receitados 28 remédios.

“Não tenho muita dúvida de que este panorama é capaz de ser generalizado”, disse à Lusa o presidente da ALI.

João Ferreira de Almeida explicou que todos os lares licenciados têm médico, que "supostamente devem fazer a revisão terapêutica periodicamente".

Este panorama há cinco ou dez anos já era mau, mas “não tão mau” como agora, devido ao estado em que os idosos chegam às instituições, disse o presidente da ALI.

Comentários