Falsa terapia inovadora com células estaminais cegou três pessoas

Uma terapia com células estaminais não comprovada - que consistia em extrair tecido adiposo do paciente e injetá-lo nos olhos - fez com que três mulheres norte-americanas ficassem totalmente cegas, informou um artigo científico na quarta-feira.
créditos: Pixabay

As mulheres, com idades entre os 72 e os 88 anos, foram tratadas na Flórida em 2015. As três sofriam de uma doença ocular progressiva chamada degeneração macular relacionada com a idade, informa um artigo científica publicado no New England Journal of Medicine.

As mulheres pensavam que se estavam a inscrever para um estudo clínico, porque lhes foi dito que tinham subscrito uma investigação do governo americano ClinicalTrials.gov sob o título: "Estudo para avaliar a segurança e os efeitos das células por injeção intravítrea na degeneração macular seca". No entanto, depois dos procedimentos intravenosos, as três mulheres sofreram complicações, incluindo o desprendimento de retina e consequente hemorragia, que lhes causaram perda total da visão.

A clínica e os pacientes envolvidos não foram identificados no artigo, que foi escrito por Thomas Albini, professor de oftalmologia clínica na Universidade de Miami. "Há muita esperança nas células estaminais e esse tipo de clínicas atraem pacientes desesperados por cuidados que esperam que estas células sejam a resposta", comenta Albini. "Mas, neste caso, essas mulheres participaram num procedimento clínico muito perigoso", acrescentou.

O método consistia em usar células-tronco ou células estaminais recolhidas a partir do tecido adiposo para restaurar a visão. Por isso, foram recolhidas células de gordura do abdómen dos pacientes que participaram no estudo. Este tecido adiposo foi depois processado com enzimas, a fim de se obterem as tais células-tronco, que seriam misturadas com plasma rico em plaquetas e injetadas nos seus olhos.

Especialistas afirmam que não havia nenhuma evidência que sugerisse que o procedimento ajudaria a restaurar a visão, visto que há poucos estudos sobre se as células estaminais derivadas do tecido adiposo podem ser benéficas na regeneração de células da retina.

As 10 dores mais insuportáveis do mundo

Comentários