Surto de diarreia em Bissau já matou pelo menos quatro crianças

Um surto de diarreia na capital guineense, Bissau, já matou pelo menos quatro crianças no último mês devido a desidratação, disse à agência Lusa a diretora do serviço de Pediatria do Hospital Simão Mendes, Nádia Silva.
créditos: JORGE NETO/LUSA

"O surto começou há um mês e quatro crianças com menos de cinco anos já chegaram mortas ao hospital", a última das quais na quarta-feira, referiu.

As urgências da ala pediátrica da principal unidade de saúde do país têm estado lotadas devido ao surto, que acontece regularmente nesta altura do ano, acrescentou a médica.

Segundo Nádia Silva, "não há explicação para a origem destas diarreias, nesta altura", entre janeiro e março, e seria necessário fazer uma investigação para avaliar as causas.

Suspeita-se que o surto seja provocado por um Rotavírus, género de vírus que provoca gastroenterites em crianças e que foi detetado em anos anteriores quando uma missão internacional de saúde colaborou com o serviço de Pediatria.

Nádia Silva lança um apelo aos pais para que mantenham as crianças bem hidratadas e para que as levem a um serviço de saúde logo que surjam os primeiros sintomas de mal-estar.

"Adiar a observação das crianças só prejudica a situação", concluiu.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários