Suecos investem em Portugal para extrair ácido hialurónico de galos

Uma empresa sueca prevê investir cinco a seis milhões de euros numa unidade em Sousel, no Alentejo, para extração de ácido hialurónico das cristas dos galos, revelou o presidente do município.

Segundo Armando Varela, a empresa de biotecnologia Bohus Biotech AB vai instalar a unidade na zona industrial da vila, devendo começar a atividade em 2015 e criar entre 10 a 15 postos de trabalho.

A Bohus Biotech AB é uma empresa com sede na Suécia, especializada na produção de ácido hialurónico, matéria-prima que utiliza no fabrico de produtos farmacêuticos.

"A empresa vai investir entre cinco e seis milhões de euros na criação da unidade", disse o autarca, explicando que o ácido hialurónico, extraído das cristas dos galos, é utilizado nas “operações às cataratas e à vista e para efeitos cosméticos”.

“É um processo que está a ser preparado. Estão a ser feitas candidaturas a fundos comunitários para o próximo quadro de apoio e espero que no próximo ano seja instalada em Sousel esta unidade, com a previsão de criar 10 a 15 postos de trabalho qualificados”, disse.

O município de Sousel já assinou um “memorando de entendimento” com a empresa e, recentemente, foi celebrado o contrato de cedência de instalações na zona industrial da vila.

Trata-se, destacou, de "um investimento importante para Portugal, para o Alto Alentejo e para Sousel”.

“É uma atividade não existente na região e penso que até pode haver parcerias muito importantes a estabelecer, com o Instituto Politécnico de Portalegre e outras entidades, para a área da biotecnologia”, acrescentou.

De acordo com Armando Varela, a unidade a instalar em Sousel não vai efetuar o abate de aves, tendo sido estabelecido um acordo com uma empresa ligada ao abate.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários