Sindicato alerta para falta de enfermeiros nos centros de saúde de Leiria

20 enfermeiros em falta, assim como material clínico
18 de março de 2014 - 14h11



O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) alertou hoje para uma “carência grave” destes profissionais nos centros de saúde da região de Leiria, onde também falta material clínico e de apoio.



A Administração Regional de Saúde do Centro (ARS-Centro) aponta a falta de cerca de 20 enfermeiros e nega problemas de material clínico.



Segundo o sindicato, cuja direção regional de Leiria efetuou, no último mês, reuniões de trabalho nos vários centros de saúde do agrupamento Pinhal Litoral, estima-se em 50 o número de enfermeiros em falta, situação que determina o encerramento de “várias extensões de saúde”, algumas há mais de dois anos.



Acresce que existem “extensões de centros de saúde onde o ratio enfermeiro/utente é de um para cerca de 4.000, quando o que está preconizado é um enfermeiro para 300-400 famílias”, adianta o sindicato, advertindo que, a curto prazo, na sequência da aposentação prevista de enfermeiros, possa ocorrer o encerramento de mais extensões.



Na mesma nota, o SEP considera que “não estão asseguradas condições de trabalho que garantam a máxima segurança e qualidade na prestação dos cuidados”, referindo que na “generalidade” das unidades do agrupamento Pinhal Litoral “há falta de material clínico e de apoio”.



“Luvas, material para a realização de pensos, sondas vesicais, papel protetor de balanças para pesar bebés, pilhas para dispositivos, desinfetante para higienização das mãos” são exemplos apontados pelo sindicato.



Ao Governo, a direção regional de Leiria do sindicato exige a admissão de mais enfermeiros e a “reposição atempada e necessária” do material clínico e de apoio, “indispensável para a prestação de cuidados de saúde a que os utentes constitucionalmente têm direito e injustamente pagam”.



À agência Lusa, a ARS-Centro confirma “a carência de cerca de duas dezenas de enfermeiros” no agrupamento de centros de saúde Pinhal Litoral, adiantando que “está em curso um concurso, lançado em março de 2013, para 122 vagas de enfermagem” para os agrupamentos da região Centro.



O concurso contempla 27 vagas para o Pinhal Litoral, acrescenta a ARS-Centro, explicando que “feita já a seleção dos candidatos, procede-se, nesta altura, à sua avaliação curricular”, adiantando, ainda, que “para suprir carências na área dos recursos humanos” os agrupamentos “podem sempre recorrer à mobilidade dos seus profissionais”.



O agrupamento Pinhal Litoral engloba cinco concelhos - Leiria, Marinha Grande, Batalha, Porto de Mós e Pombal -, seis centros de saúde e 64 extensões de saúde, informa a ARS-Centro.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários