Serviço de Nefrologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo duplica capacidade

O Centro Hospitalar do Médio Tejo inaugura esta quarta-feira as novas instalações do serviço de Nefrologia, aumentando o número de postos de diálise disponíveis de 11 para 22, no âmbito de um investimento de mais de 2,3 milhões de euros.

(FOTO DE ARQUIVO)

créditos: LUSA

Em comunicado, o CHMT afirma que o serviço, único no distrito de Santarém, passa a ocupar o 5.º piso da Unidade Hospitalar de Torres Novas, do CHMT (que integra ainda as unidades de Abrantes e de Tomar), com uma ala de internamento e outra para os tratamentos de diálise.

O investimento feito permitiu a instalação de “equipamentos e tecnologias de última geração”, sublinha a nota.

“Com esta renovação, o Centro Hospitalar do Médio Tejo duplica a capacidade de tratamento de doentes, em postos de diálise, tornando-se no único serviço de Nefrologia com estas características, do Serviço Nacional de Saúde (SNS), no distrito de Santarém e a segunda maior unidade de diálise hospitalar, do SNS, do país”, acrescenta.

O projeto foi iniciado em 2012, tendo sido concluído pela administração liderada por Carlos Andrade Costa, que está em funções há pouco mais de um ano.

A sessão de inauguração, marcada para hoje à tarde, contará com a presença do secretário de Estado da Saúde, Manuel Teixeira, e do presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, Luís Cunha Ribeiro.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários