Quatro membros de equipa de vacinação contra a poliomielite mortos no Paquistão

Quatro membros de uma equipa de vacinação contra a poliomielite foram encontrados mortos no sudoeste do Paquistão, informaram esta quarta-feira as autoridades.
créditos: WALI KHAN SHINWARI/LUSA

Os homens - um profissional de saúde, dois polícias tribais e um motorista - tinham sido raptados no passado sábado no distrito de Zhob, na província do Baluchistão.

O Paquistão é um dos três países do mundo onde a poliomielite continua a ser endémica.

Contudo, os esforços para erradicar a doença continuam a ser travados por ataques violentos (mais de 60 mortos em dois anos) de grupos rebeldes, nomeadamente talibãs, ou pela oposição de comunidades conservadoras às campanhas de vacinação, acusada de provocar infertilidade entre os muçulmanos e de encobrir ações de espionagem do Ocidente.

Desde dezembro de 2012 foram mortos 71 membros de equipas de vacinação.

"As agências de segurança conduziram diversas operações para resgatar o profissional de saúde e outros membros da equipa e acabaram por encontrar os seus corpos nas montanhas na terça-feira", disse Nazar Muhammad Khatran, da administração distrital, à agência AFP.

Segundo o mesmo responsável, aparentemente, os quatro homens terão sido abatidos a tiro no sábado ou no domingo.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários