Consumo e venda de álcool a jovens debaixo da mira da PSP

A PSP está desde esta sexta-feira a fiscalizar a oferta, venda e consumo de álcool a menores de 18 anos, que passou a ser proibido no início de junho com a entrada em vigor da nova legislação do álcool.
créditos: LUSA

“A operação Mercúrio II está a ser realizada em vários pontos do país e tem como principais objetivos fiscalizar a atividade de segurança privada, bem como a oferta, venda e consumo de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos”, refere o gabinete de comunicação da Polícia de Segurança Pública (PSP), explicando que a iniciativa começou hoje e tem a duração de 24 horas.

Durante o dia, a fiscalização será feita essencialmente em estabelecimentos comerciais e, durante a noite, vai incidir mais em restaurantes, bares e discotecas, “sem esquecer outros locais onde habitualmente exista segurança privada”.

A disponibilização, venda e consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica a todos os menores de 18 anos passou a ser proibido a 1 de junho segundo a nova lei do álcool, que veio acabar com a distinção entre as bebidas espirituosas, até agora permitidas a partir dos 18 anos, e as restantes (vinho e cerveja), que podiam ser consumidas a partir dos 16 anos.

Segundo o texto do decreto-lei, existem padrões de consumo de alto risco de bebidas alcoólicas, como a embriaguez e o consumo ocasional excessivo, especialmente em adolescentes e jovens adultos.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários