Professor e neurologista Vladimir Hachinski "surpreso e feliz" com Prémio Bial

Prémio é hoje entregue numa cerimónia em Braga

Vladimir Hachinski, que hoje vai ser distinguido com o Grande Prémio Bial 2010, agradeceu aos seus alunos, colegas e colaboradores por terem tornado possível a obtenção do galardão, que recebeu com surpresa.

Numa declaração escrita enviada à Agência Lusa, Vladimir Hachinski afirmou ter ficado “surpreso e feliz” quando soube que era o vencedor do Grande Prémio Bial 2010.

“Estou grato à Fundação Bial, aos meus alunos, colegas e colaboradores que tornaram possível o trabalho”, acrescentou Vladimir Hachinski.

Nascido na Ucrânia, Vladimir Hachinski é professor na Universidade de Western Ontário, London, no Canadá.

O professor praticou medicina e neurologia na Universidade de Toronto, Canadá, tendo feito investigação no Reino Unido e na Dinamarca.

Com 17 livros e mais de 600 ‘papers’ e artigos científicos publicados, Vladimir Hachinski é presidente da Fundação Mundial de Neurologia.

Hachinski desenvolveu com David Cechello e Whitehead Shawn um modelo animal para estudar a interação do acidente vascular cerebral (AVC) e a doença de Alzheimer, descobrindo uma possível ligação entre as duas.

O investigador foi editor chefe da Stroke, publicação norte-americana com uma edição mensal dedicada a doenças neurológicas.

Hachinski foi distinguido recentemente com a Ordem do Canadá, bem como com o Prémio Ontário Premier’s Discovery no mundo das ciências da vida e medicina.

O prémio é hoje entregue, numa cerimónia em Braga.

06 de maio de 2011

Fonte: Lusa/SAPO

Comentários