Praias do Algarve passam a ter postos de enfermagem a partir desta semana

Quedas, picadas de peixe-aranha, queimaduras e indisposições entre ocorrências comuns na praia
1 de julho de 2013 - 22h15



Os turistas em férias no Algarve vão contar, a partir desta segunda-feira e até 15 de Setembro, com cuidados de enfermagem em 32 postos de praia distribuídos pela costa sul de Portugal, anunciou a Administração Regional de Saúde (ARS).



Com o Plano de Verão, a ARS do Algarve pretende, no âmbito de um protocolo com a Cruz Vermelha Portuguesa, “assegurar cuidados de saúde de enfermagem e dar resposta a situações clínicas que possam ser tratadas no local”, explicou a autoridade de saúde regional em comunicado.



Os cuidados prestados nos postos de praia vão este ano ser taxados, “na sequência da implementação do novo regime de taxas moderadoras do Serviço Nacional de Saúde”, advertiu a ARS.



Os enfermeiros que prestam serviço nos postos podem também, se a situação justificar, encaminhar o utente para “uma unidade de saúde mais adequada”, acrescentou a ARS do Algarve, que quer “reforçar a prestação de cuidados de saúde na região” e ter uma assistência “célere, eficaz, eficiente e de qualidade” para visitantes portugueses e estrangeiros em férias. “As prestações de cuidados de saúde assumem uma relevância especialmente importante nestes meses de maior fluxo populacional, tornando-se indispensável criar as condições necessárias para garantir um atendimento de qualidade a todos os utentes, tanto aos residentes como aos turistas que nos visitam”, frisou a ARS.



Os postos de praia estão abertos das 10h30 às 19h30. A maioria vai funcionar até 31 de Agosto, mas 11 vão manter a atividade até 15 de Setembro. Traumatismos por quedas, escoriações, equimoses, picadas de peixe-aranha, golpes de calor, queimaduras solares e indisposições, resultantes de abusos de exposição ao sol, são algumas das principais ocorrências registadas todos os anos nos postos.



A ARS do Algarve anunciou também a criação de consultas de apoio a turistas com doenças agudas não emergentes ou crónicas, disponibilizando cuidados de saúde ou renovando receitas, durante os meses de Verão, nos centros de saúde e hospitais públicos da região.



A Rede de Urgência Hospitalar da Região do Algarve conta com quatro Serviços de Urgência Básicos (SUB) - Lagos, Albufeira, Loulé e Vila Real de Santo António - e com dois Serviços de Urgência Hospitalares - Portimão e Faro - abertos 24 horas.~



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários