Portugueses infetados com dengue em Angola, reinfeções podem ser fatais

A febre de dengue tem um período de incubação de três a sete dias, podendo prolongar-se até 14 dias
15 de abril de 2013 - 14h19



Mais de 20 pessoas foram infetadas com dengue em Angola, estando a ser tratadas em Portugal e as autoridades alertam para as reinfeções que podem conduzir a um dengue hemorrágico e fatal, segundo especialista em medicina tropical.



Jorge Atouguia, do Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), revela que, em março, oito pessoas e, em abril, onze foram infetadas quando estiveram em Angola, onde se regista um surto de dengue (serotipo um).



As infeções foram identificadas na consulta pós viagem do IHMT, mas Jorge Atouguia adiantou que existem mais oito infeções já confirmadas no Porto e três suspeitos em Coimbra que aguardam ainda confirmação laboratorial.



Os doentes – a maior parte portugueses e homens - estão a evoluir positivamente ao tratamento, mas Jorge Atougia alerta para os riscos de reinfeções, nomeadamente por serótipos diferentes.



“Quem já teve dengue anteriormente por um serótipo diferente (como o do Brasil) e se infete com o prevalente em Angola pode desenvolver dengue hemorrágico, o mais grave de todos”, disse.



Por esta razão, o IHMT aconselha a que pessoas que já foram infetadas no Brasil não viajem para Angola, onde existe o surto de dengue, cujo serótipo é o mesmo identificado na Madeira.



Aos que têm mesmo de se deslocar a este país africano, Jorge Atouguia aconselha a que se protejam contra as picadas dos mosquitos que transmitem o vírus, mesmo durante o dia, já que é sabido que, para evitarem a infeção por malária, os viajantes tendem a se proteger mais da picada durante a noite.



Este especialista em infecciologia e medicina tropical aconselha ainda os profissionais de saúde a realizarem o teste ao dengue, sempre que os casos suspeitos não confirmem malária.



De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), a febre de dengue tem um período de incubação de três a sete dias, podendo prolongar-se até 14 dias.



Os sintomas da dengue surgem entre três a 14 dias após a picada do mosquito infetado. A doença manifesta-se, geralmente, por febre, dores de cabeça, dores nos músculos e nas articulações, vómitos e manchas vermelhas na pele e, embora mais raramente, por um quadro hemorrágico.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários