Portugal: Doze regiões com risco muito alto de radiação ultravioleta

Radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde
21 de abril de 2014 - 08h45



Doze regiões do país apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta (UV), com o Funchal a ser a cidade com exposição maior, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).



Segundo o IPMA, Funchal, Ponta Delgada, Viseu, Sines, Sagres, Porto Santo, Portalegre, Penhas Douradas, Guarda, Faro, Castelo Branco e Bragança apresentam risco muito alto de exposição à radiação UV, sobretudo entre as 12:00 e as 15:00.



Para estas regiões, o IPMA aconselha a população a utilizar óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao sol.



A radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde se o nível exceder os limites de segurança, alerta o instituto.



O índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o baixo e o extremo, sendo o máximo o onze.



O IPMA prevê para hoje períodos de céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade na região sul a partir do final da tarde. O vento será fraco a moderado (10 a 30 km/h), com uma pequena descida da temperatura mínima na região norte.



Prevê-se ainda aguaceiros, em especial durante a tarde e nas regiões centro e sul, onde poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada. Há ainda a possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da serra da Estrela.



Em Lisboa, prevê-se períodos de céu muito nublado e aguaceiros, em especial durante a tarde, que poderão ser por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, com o vento a soprar fraco a moderado (10 a 25 km/h) de noroeste.



A temperatura máxima em Lisboa deverá chegar aos 18 graus Celsius, sendo a mínima de 10º, enquanto em Faro são esperados 19º de máxima e 13º de mínima e no Porto a máxima rondará os 17 graus e os nove de mínima.



Na Madeira, prevê-se igualmente períodos de céu muito nublado, acompanhados de aguaceiros, em especial nas vertentes norte e até ao início da tarde.



O vento soprará, de acordo com o IPMA, moderado (20 a 35 km/h), mas temporariamente forte (35 a 50 km/h) nas terras altas até ao final da manhã.



Já nos Açores, e para o grupo ocidental está previsto céu muito nublado, com boas abertas a partir da tarde, além de períodos de chuva e aguaceiros a partir da tarde.



O vento deverá soprar moderado (20/30 km/h), podendo ter rajadas até 70 km/h durante a manhã.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários