Pasta de dentes Colgate Total pode conter substância cancerígena

A marca terá desvalorizado os resultados dos testes feitos em animais
13 de agosto de 2014 - 10h11
A pasta de dentes Colgate Total contém uma substância que pode ser cancerígena, a triclosan. O alerta foi dado pela agência de notícias Bloomberg News, noticiado pelo jornal "i", com base num relatório da autoridade reguladora do medicamento norte-americana em que são postas em causa várias características do dentífrico.
A marca não terá dado importância aos testes feitos em animais e atualmente não existem certezas se o triclosan é nocivo para o ser humano.
De acordo com a notícia da Bloomberg, a substância triclosan tem sido associada ao aparecimento de doenças cancerígenas em animais. "Quando existem estudos em animais que sugerem determinados cenários e não são tidos em conta, assume-se um risco significativo", considerou Thomas Zoeller, professor da Universidade de Massachusetts, cita a Bloomberg.
A marca reagiu defende que produto é seguro e frisa que foi sujeito a testes rigorosos antes de ser comercializado. A Colgate garante ainda que a eficácia e a segurança do produto são asseguradas por mais de 80 estudos clínicos.
Segundo avança o jornal "i", autoridade do medicamento portuguesa, o Infarmed, deverá pronunciar-se em breve sobre a segurança desta pasta de dentes, que também é comercializada em Portugal.
Por SAPO Saúde
artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários