Os oito progressos da Saúde mais importantes de 2013

As novidades médicas que marcaram o ano que agora termina

30 de dezembro de 2013 - 11h00

O ano de 2013 foi marcado por estudos, investigações, avanços e alguns retrocessos na saúde e na ciência. A investigação científica trouxe novos mecanismos na procura do controlo de doenças como a Sida ou a Diabetes. Ainda que as promessas de uma cura para o cancro e para o Alzheimer façam notícia todos os meses, vale a pena destacar alguns feitos médicos e científicos. Conheça a nossa seleção para 2013.

Cancro: A imunoterapia no cancro como o avanço científico mais importante de 2013. Diversos ensaios clínicos de imunoterapia - um tratamento que atua sobre o sistema imunitário, incluindo os linfócitos T, para que ataque os tumores - revelaram-se muito promissores, sobretudo contra os cancros agressivos, como o melanoma, segundo os responsáveis da última edição deste ano da revista, que sai hoje para as bancas. Saiba mais

Sida: Transplante de medula cura dois pacientes do vírus da Sida. Dois pacientes portadores de HIV que receberam transplantes de medula óssea ficaram livres do vírus e interromperam o tratamento com medicamentos antirretroviais. Saiba mais

Coração: Equipa francesa faz primeiro transplante de coração artificial com tecidos biológico. Uma equipa médica francesa realizou em Paris um transplante que utilizou, pela primeira vez, um coração artificial elaborado a partir de tecidos biológicos, divulgou hoje a empresa responsável pelo desenvolvimento da prótese. Saiba mais

Transplante de rosto: Primeiro transplante de rosto em emergência feito na Polónia. Os médicos do hospital de Gliwice, no sul da Polónia, anunciaram o primeiro transplante de rosto de emergência do mundo, para salvar a vida de um paciente. Saiba mais

Síndrome de Down: Cromossoma que causa a síndrome de Down desligado em laboratório. Investigadores norte-americanos dizem ter dado um novo passo na procura de tratamentos que beneficiem pessoas com alterações genéticas causadas pela existência de um cromossoma em excesso. Os cientistas dizem ter conseguido "desligar", em células humanas em laboratório, o cromossoma que provoca a síndrome de Down. Saiba mais

Alzheimer: Em setembro, cientistas anunciaram uma nova pista para um possível tratamento para travar a doença de Alzheimer, que envolve uma proteína relacionada com a limitação da flexibilidade do envelhecimento cerebral. Saiba mais

Pílula masculina: Cientistas estão mais perto de descobrir uma pílula anticoncecional masculina. Investigadores da Universidade de Monash modificaram ratos geneticamente para bloquear duas proteínas encontradas nas células musculares lisas, essenciais para a circulação do esperma nos órgãos reprodutivos dos animais. Saiba mais

Diabetes: Comer fruta previne diabetes, mas sumos elevam risco da doença. Um estudo publicado pelo British Medical Journal pode amargar o pequeno-almoço de muita gente: o consumo diário de um ou mais copos de sumo de fruta aumenta em 21% o risco de desenvolver diabetes tipo 2. Saiba mais

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários