Onze regiões do país apresentam risco alto de exposição a raios ultravioleta

IPMA prevê descida da temperatura mínima e subida da máxima no litoral norte e centro
26 de setembro de 2013 - 09h40



Onze regiões do país apresentam hoje risco alto de exposição a radiações ultravioletas (UV), de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).



O IPMA informa na sua página na Internet que a região de Aveiro, Braga, Leiria, Lisboa, Porto, Setúbal, Viana do Castelo, Santa Cruz das Flores, Horta, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada apresentam risco alto de exposição a radiações UV.



O índice UV apresenta cinco níveis, entre o baixo (1 e 2) e o extremo, sendo o máximo o onze.



Para hoje no continente prevêem-se períodos de céu muito nublado, tornando-se em geral muito nublado a partir do início da tarde nas regiões do litoral, aguaceiros fracos e dispersos, passando a períodos de chuva no litoral centro para o final do dia.



O vento vai soprar fraco moderado do quadrante sul, tornando-se gradualmente moderado a forte no litoral oeste e com rajadas até 65 km/h, e nas terras altas, vento moderado a forte de sul, com rajadas da ordem dos 70 km/h.



O IPMA prevê igualmente neblina ou nevoeiro matinal, pequena descida da temperatura mínima e pequena subida da temperatura máxima no litoral norte e centro.



Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários