ONG, Instituto da Droga e polícias juntam-se para conhecer trabalhos de cada um

Encontro decorre na representação da Comissão Europeia em Lisboa, no centro Jean Monnet

Organizações não governamentais, o Instituto da Droga e da Toxicodependência e as polícias vão juntar-se na terça-feira por iniciativa da Comissão Europeia para saber o que cada um anda a fazer no âmbito do combate à toxicodependência.

O presidente do Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT), João Goulão, disse à agência Lusa que o encontro da "Ação Europeia sobre as Drogas", uma campanha da Comissão Europeia, servirá para "a sistematização e melhor conhecimento das iniciativas, por vezes um pouco dispersas, de cada um".

"Há organizações com práticas muitas vezes algo silenciosas, pelo que é importante ter uma visão de conjunto mais vasta", frisou o presidente do IDT.

O encontro de terça-feira é "sobretudo dirigido a organizações não governamentais" com trabalho no combate à toxicodependência, mas o IDT, enquanto organismo estatal, está "particularmente interessado no alargamento do âmbito da sua atividade", referiu.

"Partilharemos o que estamos a fazer, daremos conta disso aos nossos parceiros", disse João Goulão, enunciando as áreas em que o IDT está empenhado: prevenção, tratamento, redução de riscos/minimização de danos e reinserção social.

Além do IDT, estarão presentes no encontro várias associações não governamentais que já participam na "Ação Europeia sobre as Drogas", como a Dianova, OIKOS, a associação Vale d'Açor e o Centro de Solidariedade Braga.

A PSP, que já é participante, estará também representada, juntando-se na terça-feira a GNR e as associações Pressley Ridge, Associação Portuguesa das Empresa do Setor Privado de Emprego, Associação Portugal Livre de Drogas e o SOS Criança.

O encontro decorre na representação da Comissão Europeia em Lisboa, no centro Jean Monnet.

14 de fevereiro de 2011

Fonte: LUSA/SAPO

Comentários